Sim, Lula está preso!

Luiz Fernando Leal Padulla*

Papa Francisco foi coerente com seus princípios cristãos e da defesa da verdadeira Justiça ao criticar publicamente em suas publicações as perseguições políticas, enfatizando a lawfare cada vez mais comum e evidente nos países emergentes – como ocorre no Brasil e na Argentina, por exemplo.

A prova de que a instituição do Judiciário está acabada e contaminada no Brasil já havia sido declarada durante a perseguição que fizeram com Lula – escancarada pelo The Intercept através da “Vaza Jato” – até conseguirem arranjar sua prisão com base em “convicções” e “atos indeterminados”, com escancarada manipulação entre os farsantes procuradores do MP e o então juiz canalha Sérgio Moro, ignorante a inconstitucionalidade desses atos. Corroborando que essa armação, eis que o STF compactua com esse absurdo, fazendo jus ao “grande acordo nacional…com o Supremo, com tudo“, eternizadas nos diálogos dos golpistas para a derrubada da honesta presidenta Dilma.

A decisão recente do CNJ em arquivar a denúncia apresentada pela defesa de Lula contra o então juiz (sic) Sérgio Moro, mostra mais uma vez a lawfare contra Lula – lembremos aqui que foram revelados grampos telefônicos feitos contra os advogados de Lula, novamente sob a tutela ilegal de Moro.

Ao recusarem o processo que argumentava – claramente –  a suspeição e perseguição de Moro, alegando “acusações genéricas” e “falta de provas”, a máscara do Judiciário vendido e corrupto foi mostrada.

Prenderam Lula pra que ele não pudesse ser candidato – e seria eleito em primeiro turno, conforme indicavam as pesquisas de intenção de voto. Prenderam Lula porque os interesses interesses ao capital estadunidense estavam ameaçados com seus programas sociais e ascensão das classes menos favorecidas. Prenderam Lula porque era necessário barrar a agricultura ecológica e os desmatamentos em nome do agronegócio e do lobby das multinacionais, para promover a liberação em massa de agrotóxicos e venenos na população, atendendo ao interesse e ciclo vicioso do casamento dos infernos “Bayer/Monsanto”.

Assim, Lula solto é uma ameaça à subserviência ao capital estrangeiro. Não permitiria a quebra das empresas estatais e nacionais, impedindo um novo ciclo de colonização capital. Lula solto defenderia os interesses indígenas e protegeria as reservas naturais, jamais sucumbindo aos abusos dos latifundiários e do agronegócio. Lula faria ainda mais pela agricultura familiar.

O que Glenn Greenwald tem nos trazido, é a confirmação daquilo que sempre dissemos, mas muitos não nos deram ouvidos e preferiram pagar o preço do ódio irracional vendido pela mídia tendenciosa, sempre em atendimento aos interesses estrangeiros. O gado/massa de manobra seguiu o berrante.

Felizmente, com  essas provas, posso ficar ainda mais com a consciência tranquila, afinal, nunca chamei Moro de “herói nacional” e sempre defendi Lula Livre!

Com tais evidências, e não apenas convicções, o STF terá a oportunidade de restabelecer a ordem no país, anulando as ações ilegais da Lava Jata, prendendo seus procuradores e líderes de tal operação e, se realmente for sério, cancelaria a farsante eleição de 2018, punindo não apenas a chapa de Bolsonaro por suas fakenews, mas mantendo Lula candidato.

A bola está com o STF: ou faz um gol a favor do país, ou se mostra acordado com os golpistas…mais uma vez!

Em tempo: no momento do envio deste artigo, deparo-me com a notícia de que o STF, sob a batuta da Ministra (sic) Cármen Lúcia (Lúcifer?), retirou da pauta o julgamento do Habeas Corpus de Lula. Assim, Lula continuará encarcerado na masmorra de Curitiba pelo menos até agosto, depois do recesso.

*Professor, Doutor em Etologia, Mestre em Ciências

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s