Nosso LUTO é verbo!

Luiz Fernando Leal Padulla*

 

Um.

Dois.

Três.

Quatro.

Quatro tiros na cabeça.

Execução sumária. Não apenas de uma representante do povo, ativista das minorias e defensora dos direitos humanos para todos – e não apenas para a burguesia. Execução não apenas de uma mulher negra e corajosa. Execução não apenas de mais uma favelada. Os tiros que silenciaram Marielle Franco ecoam no bater de cada panela; repercutem em cada pato amarelo e manifestoches que desfilaram nas avenidas.

Os tiros silenciaram uma guerreira, mas não calarão tant@s outr@s mais. A “coincidência” na morte de Marielle retrata a corrupção sistêmica, a seletividade vil, abastecidas pelo ódio e a desinformação alienadora da sociedade refém de um sistema. Retrata também o mau caratismo e oportunismo de muito “cidadão de bem”.

Não seremos calados por intimidações. Continuaremos a criticar e lutar contra a polícia política e fascista ainda militarizada – e seus “batalhões da morte”. Não nos calaremos perante a política neoliberal golpeadora dos direitos sociais e da classe trabalhadora. Nossa voz ecoará sempre contra juízes e promotores partidários, suas benesses financeiras e interesses pessoais. Continuaremos lutando pelo bem coletivo e social, sem distinção de cor e classe. Lutaremos sempre contra o imperialismo e à submissão ianque.

Lutaremos e honraremos cada gota de suor e sangue derramado, seja de Marielles, Marias ou Josés. Afinal, nosso luto é verbo! Somos e sempre seremos a RESISTÊNCIA!

*Professor, Doutor em Etologia, Mestre em Ciências. Autor do blog “Biólogo Socialista”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s