Não apoio Moro, sabe por quê?

*Por Luiz Fernando Leal Padulla

Mais uma manifestação – que mais parecia uma micareta de final de ano – aconteceu em algumas cidades do país, com público reduzido e elitizado.

Não vou aqui fazer um levantamento das mesmas, até porque não compactuo com seus argumentos. Quero apenas deixar uma coisa clara em resposta ao que vi: #EuNãoSouSérgioMoro

E ao afirmar isso, não significa que defendo a corrupção no país. Muito pelo contrário.

O que esses “revoltados de camisa da CBF” não conseguem entender, é que ser contra o abuso de juízes e promotores públicos, que agem – e querem continuar agindo – como se fossem deuses, passando por cima da lei e da própria Constituição, não significa que se apoia a corrupção.

 

O fato de não apoiar a Lava Jato – não da maneira como ela é conduzida, de forma parcial e partidária – não significa que corroboro com corruptos.

(Há ainda algo muito suspeito sobre essa operação: o envolvimento dos EUA e o interesse em tumultuar o país – quebrando-o economicamente- uma vez que seria uma ameaça juntamente com o BRICS, e nossa reserva de petróleo, nióbio, e o aquífero Guarani. Mais do que essas questões geopolíticas, ignoradas e omitida na maioria das vezes, isso confirmaria interferência estrangeira na Justiça e na soberania nacional).

Estou em pleno apoio pelas investigações e punições dos corruptos, e por isso mesmo eu não apoiei o GOLPE travestido de impeachment.

Ou será que esqueceram que o braço direito de Temer (Romero Jucá) queria derrubar a presidenta legítima para “estancar a sangria”?

Sendo realmente séria, por que a Operação ignora Aécio Neves, Aloysio Nunes, José Serra e até FHC? “Não vem ao caso”, Sr. Moro?

Deve ter doído nessa gente, ver que tudo aquilo que alertamos no início dos movimentos pró-impeachment/GOLPE está se confirmando.

Devem estar arrependidos de ouvirem dos meninões do Ministério Público, que o “governo Dilma fez mais pelo combate à corrupção” do que o governo ilegítimo de Temer.

corrup
Crédito: http://www.brasil247.com/pt/247/parana247/268091/Dallagnol-Dilma-fez-mais-pelo-combate-%C3%A0-corrup%C3%A7%C3%A3o.htm

E confesso que não entendo qual é a dessa gente que diz “não somos contra Temer, mas contra a corrupção”. Será que se esquecem também que Temer é acusado de receber propinas? Delações da Queiroz Galvão, Camargo Corrêa, Odebrecht, OAS revelam isso.

Esquecem das delações que envolvem tanto ele como grande parte de seus ministros?

(Ah! E só para lembrar, apesar de justificarem o GOLPE em casos de corrupção, até agora Dilma não está envolvida em nenhum caso de corrupção, ok?)

Por que não pediram a cabeça de José Serra? Afinal, já são 23 milhões de reais em propina, via caixa dois diretamente na Suíça

Engraçado que todo esse “oba-oba” surge mas não se ouve um pio de políticos convocando os ignorantes úteis às ruas, não é mesmo? Os mesmos deputados e senadores que votaram pela família e pelo Brasil… Por que será?

Será mera coincidência porque esses mesmos que usaram o povão como massa de manobra conseguiram o que queriam – tirar uma presidenta honesta e perpetuar a safadeza?

E os tais movimentos apartidários? Por que sumiram?

Será porque seus “representantes apartidários” conseguiram cargos políticos e agora não importa mais nada?

Mais intrigante ainda é o silêncio do PSDB, DEM e cia. Será porque as provas estão ficando cada vez mais difíceis de serem ignoradas pelo paladino da moral, juiz Sérgio Moro?

Ao apoiar a lei que pune promotores e juízes, não estamos sendo contra a ação desses togados. Além do que, todos somos iguais perante a lei. E como sempre digo, quem não deve não teme. Por que temem a aprovação dessa lei? Já estariam assinando atestado de culpa por abuso de autoridade? Por que não confiam na própria Justiça que os sustentam?

contracheque-moro
Desrespeito ao teto salarial também “não vem ao caso”?

Os trabalhos devem continuar, de forma séria e dentro das exigências legais, sem qualquer abuso e arbitrariedade, seja de quem for. Parafraseando o ilegítimo, digo aos moleques do MPF e seus amiguinhos: não pense em crime, trabalhe!

Agora, essa chicana entre os “deuses” e políticos é no mínimo ridícula!

Mesmo não suportando o tal Gilmar Mendes, aplaudo uma frase que proferiu ao juiz Moro: “você não combate crime cometendo crime”. Apesar de entender a motivação e mobilização deste tucano disfarçado de ministro em proteger demais tucanalhas com tais declarações, não deixa de ser curiosa sua frase.

Novos capítulos na república das bananas estão por vir. Agora, é golpista atacando golpista.

Enquanto isso, você que gritou “Fora Dilma”, aguente as consequências de sua irresponsabilidade e analfabetismo político. Nós bem que tentamos avisar…

Em tempo: sobre as “10 medidas contra a corrupção”, há coisas que devem sim ser colocadas em práticas, mas sem que se cuide dos perigos democráticos das medidas. Caso contrário, oficializa-se de vez um estado de exceção.

 

*Professor, Biólogo, Doutor em Etologia, Mestre em Ciências, Especialista em Bioecologia e Conservação

Anúncios

2 comentários sobre “Não apoio Moro, sabe por quê?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s