Coincidências

*Por Luiz Fernando Leal Padulla

Só para refrescar a memória e ver quantas “coincidências” aconteceram em tão curto período de tempo do governo interino-golpista:

  • O golpe retira a presidenta, legitimamente eleita e sem qualquer prova de crime, que permitia as investigações e chegava em todos os corruptos;
  • Temer assume o governo golpista;
  • Temer nomeia José Entreguista Serra como Ministro das Relações Exteriores;
  • Temer anuncia o nazifascista do Tucanistão, Alexandre Hitlerzinho de Moraes como Ministro da Justiça;
  • O filhote da ditadura se reúne com o juizinho seletivo, Sérgio Tucano Moro – o Sr. “Não Vem Ao Caso”;
  • Eduardo CÚnha consegue anular seu julgamento no Conselho de Ética e desvia os holofotes da votação das novas regras do pré-sal que aconteceria neste mesmo dia na Câmara;
  • No dia seguinte, enquanto Eduardo CÚnha fazia seu teatro em frente às câmeras, o privatizador Serra dava andamento à sua dívida de entregar o pré-sal aos EUA (lembram da denúncia do Wikileaks em 2009?);
  • Surge a possibilidade de delação premiada de CÚnha junto à republiqueta de Curitiba, pois o Ministério Público Federal não estaria disposto a aceita-la.

CÚnha tem todos nas mãos – os 150 deputados, senadores e o próprio Temer.

hitler e moro
A trupe da republiqueta de Curitiba: ao centro (careca), o “Hitlerzinho do Tucanistão” ao lado do Sr. “Não Vem Ao Caso”. Crédito: jornalggn.com.br

Agora, ligue os pontos: TEMER – CUNHA – HITLERZINHO – MORO

Seria muita, mas muita coincidência, se depois dessa o juiz “Não Vem Ao Caso”, ignorar as provas contra a mulher e filha de CÚnha e Serra Entreguista, tal como já fez com o Aécio Patético Neves. Mera coincidência a “visita” do Hitlerzinho ao Sr. “Não Vem Ao Caso”?

E há quem diga que esse juizinho é confiável!

Enquanto nos matamos aqui dentro, os ianques sorriem jocosamente e contam os dias para colocarem as mãos nas riquezas do pré-sal (calculadas em 10 TRIlhões de reais), já de olho nas reservas de nióbio e sonhando com a quebra do BRICS que tanto ameaça o FMI.

moraes cunha alckmin
Crédito: jornalggn.com.br

Ah! E lembram de todo ímpeto e bravatas da Fiesp em apoiar o Golpe? Mais uma coincidência: proposta de aumentar a carga horária semanal dos trabalhadores para 80 horas e “flexibilização dos direitos trabalhistas” (leia-se: retirada dos direitos trabalhistas). Mais uma coincidência que agradou mais um apoiador do Golpe! Viva as benfeitorias aos ricos…e que sem ferrem os trabalhadores!

E pensar que nós avisamos que tudo isso iria acontecer, não é mesmo?

Aos inocentes úteis, “patriotas” e revoltados “contra a corrupção” de plantão….durmam com um barulho desses!

Em tempo: O “Hitlerzinho” é o mesmo que comandou várias ações truculentas contra alunos e professores no reino do Tucanistão, além de advogar para o PCC e tentar intimidar a torcida corinthiana que protestava contra os abusos da rede Globo e do desgoverno de Geraldo Cantareira Alckmin e seus ladrões da merenda escolar.

 

*Professor, Biólogo, Doutor em Etologia, Mestre em Ciências

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s