Eu quero o impeachment…mas não da Dilma!

*Por Luiz Fernando Leal Padulla

Chega de tantos abusos e de tanta enganação. Os verdadeiros brasileiros estão fartos de hipocrisia e falsos moralistas.  Basta defendermos o lado da verdade para sermos tratados como culpados e criminosos. Afinal, qual o nosso crime? Qual o crime em defender certas ideologias ou posturas?

Não sou petista, mas milito pela esquerda sim! Acredito nos princípios e ideais de uma sociedade igualitária que apenas o socialismo pode oferecer.

É direito de quem não concorda tentar humilhar e até mesmo ameaçar essas pessoas? Xingamentos gratuitos, em clara tentativa de intimidação, são constantes àqueles que ousam se posicionar perante os fatos. Basta defendermos a democracia, distribuição de renda, regimes assistencialistas e humanos para que sejamos menosprezados e açoitados, como se fossemos assassinos. Sair com uma camiseta vermelha, então, muito cuidado!

Talvez a pergunta não seja bem “qual o crime”, mas por que “os outros se incomodam tanto”? Tentam de qualquer maneira colocar na cabeça das pessoas ingênuas que toda a crise política que vivemos hoje, em escala mundial, é por culpa do governos do PT. Querem atribuir os anos de corrupção, ao governo do PT. Hoje, mais do que nunca, estou certo que o incômodo ocorre porque todos estão sendo investigados e todos os corruptos, revelados. Isso incomoda, afinal, até ontem, quem erguia bandeiras e comandava manifestações contra a corrupção, são os mesmos que estão na mira dos laços da Justiça.

16 - 1

Por isso que DIA 13 EU NÃO VOU ÀS RUAS, pois não aceito o golpe branco maculado pelo PSDB. Um chamamento hipócrita contra a corrupção, abraçado por corruptores que incrivelmente são isentos à ação de um judiciário partidário que ignora várias delações e provas contra os tucanos. Irei sim às ruas, mas para defender a democracia e as conquistas feitas pelo povo brasileiro. E não será dia 13, pois não sou golpista!

Não sejamos mais enganados e ludibriados pela grande mídia apoiadora de uma direita fascista, conservadora e ultrajante à Constituição. Não dá mais para aguentar Aécio Neves, FHC, José Serra, Alckmin se esquivando de suas falcatruas tentando jogar os holofotes sobre um único governo. Basta!

Claramente a mídia, golpista por suas raízes históricas, igualmente envolvida em casos de corrupção e sonegação (como tenta avançar e provar a Operação Zelotes, por exemplo), não quer que isso continue, pois sua reputação estaria igualmente ameaçada.

Por isso quero o impeachment. Mas não de um governo legitimado pelo voto popular. Quero o impeachment de Aécio Neves e toda sua laia, que desde a derrota nas urnas, tem jogando contra o Brasil. Não podemos mais ficar reféns de um partido que sempre nos prejudicou, deixando-nos a mercê de interesses imperialistas e leiloando nossas riquezas. Tal como pregam, chegou a hora de reagir e pedir a extinção deste partido. Provas e fatos não faltam! Falta vontade e imparcialidade jurídica.

Fosse a tal Operação Lava-Jato única e exclusivamente pelo combate à corrupção, seria louvável. No entanto, após os últimos acontecimentos, envovlendo a maior representatividade da esquerda, na figura do ex-presidente Lula, tal operação se revelou. A toga da imparcialidade caiu. DesMOROnou.

Afinal, se fosse realmente séria e apartidária, outros políticos deveria ser igualmente enquadrados, investigados, e até mesmo “conduzidos de forma coercitiva”…mas o juiz “Não Vem Ao Caso”, prefere ignorar.

cunha-aecio-paulinho

Caso fosse uma operação real, FHC deveria responder pelas propinas da Petrobrás desde 1996, os desvios nas privatizações entreguistas, o favorecimento à Rede Globo via BNDES e dinheiro público por “sumir” com seu caso extraconjugal para não prejudicar sua reeleição comprada. E o que seria de Aécio Neves? Suas cinco delações (é penta!) em envolvimentos de propinas das estatais, a Lista de Furnas, o aeroporto particular construído com dinheiro público e o helicóptero com meia tonelada de pasta base de cocaína não deveriam motivar investigação? Por que tudo foi arquivado? Faço a mesma pergunta para José Serra e Geraldo Alckmin e o cartel do metrô em São Paulo, e mais recentemente os escândalos desvios da Máfia da Merenda escolar. Até quando esconderão isso e tentarão ludibriar o povo, tentando culpar apenas o PT?

E enquanto isso, cidadãos sérios, comprometidos com a verdade e a Justiça,  que tentam mostrar esses fatos escondidos pela mídia, são achincalhados, humilhados, denegridos por se posicionarem contra o fluxo de uma chamada maioria.

Coincidentemente, são esses líderes, corruptos, que encabeçam uma oposição raivosa, que quer a qualquer custo a destituição de um governo legítimo. Mas já pararam para perguntar quais as reais propostas do PSDB e seu comparsas? Até hoje, sinceramente, só ouvi bravatas, xingamentos e ódio. Qual a proposta? Barrar votações que travam ainda mais o desenvolvimento do país? Declarar apoio ao “quanto pior, melhor”? Isso é a saída para a crise? Seriam realmente esses sujeitos comprometidos com o Brasil, ou porcos oportunistas de um crise de proporções globais?

Por isso que dia 13 não irei às ruas! Pois sou contra a corrupção sim, mas esses senhores e toda sua laia midiática/judiciária, não me representam. O dia que IREI ÀS RUAS DIA 18, em defesa da democracia,  de um judiciário imparcial e contra o golpe tentando por esses opositores inconformados pela escolha popular.

*Biólogo e professor, Doutor em Etologia, Mestre em Ciências

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s